Posts com Tag ‘Fernando Gripp’

Com o tema “Perspectivas de Inovação” a Conferência Internacional de Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação – Challenges 2011 – foi realizada pelo Centro de Competência da Universidade do Minho em Braga/Portugal, nos dias 12 e 13 de maio de 2011. Essa foi a sétima edição da Conferência Internacional, que ao longo de sua história vem promovendo o debate sobre Educação e as TICs. A Challenges consolidou-se, portanto, como uma referência para os pesquisadores que buscam a reflexão e a implementação de abordagens que imbricam a Educação à cibercultura.

Para fazer valer nossa participação – Eu, o professor Fernando Gripp e a educadora física e ex-acadêmica Ana Flávia Baracho (todos com vínculo na UFVJM) – propusemos à Comissão organizadora do Evento um desafio: se a Challenges fomenta o uso das TICs na Educação, por que não aproximar tal discurso do formato de participação dos pesquisadores no Evento? O desafio foi aceito pela Comissão no dia 9/05/2011, quando anunciou oficialmente em seu site o aceite da proposta (http://www.nonio.uminho.pt/challenges2011/?p=1137 ). Foi então que apresentamos no dia 12/05 o trabalho “Os Exergames e a Educação Física Escolar na Cultura Digital”, via Skype.

Challenges 2011 - Prof. Márcio Lima; Prof. Fernando Gripp; Acadêmica Ana Baracho

O trabalho apresentado na Conferência trata da aproximação entre a prática esportiva e a realidade virtual via exergames (jogos eletrônicos que captam e virtualizam os movimentos reais dos usuários). Com o objetivo de discutir as perspectivas da utilização dos videogames na educação física escolar, participaram do estudo 117 alunos de uma escola pública de Diamantina/MG. Durante a pesquisa, os voluntários relataram suas percepções sobre a experiência com o jogo de Basebol, na versão do exergame e a tradicional. Os resultados constataram a imersão dos estudantes na cultura digital e no processo de virtualização que lhe é típico, apontando algumas perspectivas da utilização crítica da virtualidade como forma de ampliação e (re)criação das possibilidades das práticas e vivências corporais. O trabalho final foi aprovado e será publicado integralmente na Revista Brasileira de Ciências do Esporte, que é editada pelo Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE), no ano de 2011.

Agradecemos à Comissão Organizadora da Challenges pela oportunidade de nossa apresentação, especialmente à pesquisadora Elaine Barbosa (Universidade do Minho/Portugal), que não poupou esforços para o sucesso da apresentação e para a inovação na forma de nossa participação. Somos gratos também ao professor António José Osório (Universidade do Minho/Portugal) e a professora Ingrid Dittrich Wiggers (UnB), que junto a outros participantes acompanharam a conferência online e interagiram conosco, proporcionando a oportunidade de uma excelente discussão acadêmica.

Interatividade via Skpye na Challenges 2011

A Challenges 2011 terminou com a promessa de que o formato virtual de participação será incorporado em suas futuras edições. O virtual, embora não substitua o atual, possibilitou a democratização/inovação da nossa participação na Conferência. Entendemos o virtual como uma forma de expansão, que quebra as fronteiras físicas e financeiras, afinal estivemos presentes na Challenges e fomos muito felizes!